Ana e Cristina

junho de 2017 por

Ana e Cristina resolveram se encontrar. No lugar de aplausos, só queriam respeito pelo jeito de encararem a vida, pois cada um vive do seu jeito.

leia mais

A Casa das Cores

maio de 2017 por

Na varanda amarela, na sala rosa, no banheiro azul, no quarto vermelho, na cozinha cinza, no quintal verde…

leia mais

A Alegria do Povo

maio de 2017 por

Eu poderia falar da felicidade que meus netos me proporcionam, porém seria egoísmo meu. Eu quero falar da alegria geral.

leia mais

Dia de Malhar o Judas

abril de 2017 por

Na lista do Judas, ou melhor, na herança do Judas, viam presentes ou recomendações. Em função disso, os moradores atingidos procuravam rasgar a lista.

leia mais

Senzala

abril de 2017 por

Esse lamento em forma de canção ouvia-se durante as noites, na jaula, que alguns chamavam habitação. Por que tanta discriminação? A noite e o dia não são irmãos?

leia mais

Minha Melhor Amiga

março de 2017 por

– Para de me encher o saco com essa ladainha. Sai do meu pé.
– Eu sou sua amiga, só quero o seu bem.

leia mais

O Baile da Bicharada

março de 2017 por

O pinguim estava todo frajola, de fraque e cartola. No baile da bicharada, olha daqui, olha de lá, ele viu a galinha d’angola e a tirou pra dançar…

leia mais

Visão de Criança

fevereiro de 2017 por

Minha mãe É a marida Do meu pai. Meu irmão É o bebezinho Da minha mãe. Meu pai É o bebezão Da minha avó. Eu sou A bonequinha Do meu...

leia mais

Fevereiro

fevereiro de 2017 por

Em fevereiro tem carnaval, dizia o Jorge e muito mais gente, porém nem só de carnaval vive o mês de fevereiro.

leia mais

O Charuto Amigo

janeiro de 2017 por

Hoje eu quero falar sobre o meu grande amigo, o charuto. Como ele foi importante na minha vida! Até hoje não me canso de agradecer a sua ajuda.

leia mais

A Ferreira Gullar

janeiro de 2017 por

Poesia de Rô Fonseca em homenagem a Ferreira Gullar.

leia mais

Natal de Outrora

dezembro de 2016 por

Eu pegava o meu sapato, filho único, colocava um pedaço de jornal para esconder o furo (minha inocência pensava que se Papai Noel visse que meu sapato era velho e furado não colocaria o meu presente).

leia mais