Estender a Mão

dezembro de 2013 por

A onda do bem
Invade-me
E me emociona
Na minha pequenez
Ela me faz
Parecer grande
Fazer o bem
Ao meu semelhante
Não existe nada
Mais gratificante
Neste momento
O coração não se esconde
Diz presente
Meu irmão
De ontem, de hoje, de sempre
Por favor
Permita-me
Que eu lhe estenda a mão.

– Escrita em 27/09/08

Artigos Relacionados

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *