O Velho Realejo

Abril de 2013 por

Lá vai
O velho realejo
Tocando música
O dia inteiro
Tirando a sorte
Através do bico
Do esperto periquito
O nome do amor
De tia Dalva
Mesmo idosa
Uma esperança
Que se renova.
Número do bicho
Para vovó
Ela e seu vício.
Notícia de emprego
Para o papai
Será que ele vai?
Resultado antecipado
Do futebol
Para o vovô Nicolau
Seu Vasco é o tal.
Minha irmã
Queria saber
Do seu namorado
Aquele menino
Bobo e otário.
Minha mãe
Queria conhecer
O meu destino
Será que vou ser
Um homem fino.
Ei, periquito zureta
Esqueceu do maioral
Bota o bico, pega o jornal.
“Quando cresceres
Serás um homem…”
A última palavra
Estava apagada.
Eu chorei
Porque
Pensei
Que não fosse
Ser nada.

Artigos Relacionados

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *